Encontros & Eventos




Sites Parceiros







Artigos - Diferenças entre a 164 12V e a 164 Super 24V
Por Danilo Pessolato e Rodrigo Roque
Artigo revisado por Renato Cunha e Marco Prass

  Desde o fim da linha de produção do Alfa Romeo 2300 em 1986, os alfistas brasileiros estavam carentes, e foi quando então em meados de 1990 com a liberação da importação pelo nosso Presidente da República Fernando Collor de Mello, a Fiat trouxe ao Brasil o mais novo lançamento da Alfa Romeo, o modelo 164, que fora lançando em setembro de 1987 e já estava em nossas ruas 3 anos depois.

  Na ocasião de seu lançamento no Brasil o Alfa Romeo 164, tinha o motor 3.0 V6 12v que desenvolvia 192 cavalos, que segundo a fábrica atingia os 230 Km/h de velocidade máxima, design Pininfarina, fora um conjunto de equipamentos que era de causar inveja a qualquer automóvel nacional, fora o preço estimado de US$ 130.000,00 que o colocava como uma macchina para poucos.

  Depois de um início um pouco acanhado, em 1990 com 8 unidades vendidas, em 1991 com 142 unidades vendidas e em 1992 com 54 unidades vendidas, acumulando nos 3 primeiros anos de comercialização 204 unidades vendidas no Brasil.

  Em 1993 a 164 ressurge com sua nova cara, agora reestilizada, com novos faróis, novas rodas, novo interior e com algumas modificações mecânicas, o mesmo motor que atingia 192 cavalos fora tropicalizado a nossa pobre gasolina, agora atinge 183 cavalos, mas nada que tirasse o prazer de dirigi-lo, mesmo assim a fábrica admitia ser capaz de chegar aos 230 Km/h. E foi quando a Alfa Romeo atingiu o ápice de vendas no Brasil, tudo isso graças a queda de preço para US$ 55.000,00 o mesmo valor que custava um Omega CD da GM na ocasião, esta queda de preço ocorreu devido a queda nas taxas alfandegárias e o que ocorreu com os primeiros modelos foi uma grande desvalorização.

  Em 1993 foram vendidas 187 unidades, em 1994 o número explodiu para 2.543, em 1995 foram vendidas 1.852, em 1996 foram vendidas 1.259 e em 1997 quando foram comercializadas as últimas unidades foram vendidas 232 unidades, totalizando de 1990 a 1997 um número de 6.277 Alfa Romeo 164 no Brasil.

  As principais características dos modelos estão a seguir:


VISÃO FRONTAL

  Na versão Super identificamos o cuore mais largo, novos faróis de milha, lavadores de farol embutidos (na versão 12v são salientes) e parachoques mais salientes em conjunto com o friso cromado. O conjunto dá ao modelo um ar de sofisticação.



VISÃO LATERAL

  A principal diferença entre as 2 versões é o acabamento inferior liso na cor da carroceria com o friso cromado na versão Super enquanto a versão 12v possui o acabamento inferior com alguns vincos pintados na cor Grigio Lothar. Os retrovisores também diferem: maiores e pintados na cor do carro na versão Super e sem pintura e de plástico rugoso na 12v.



VISÃO TRASEIRA

  Na parte traseira identificamos o parachoque mais saliente na versão Super com o friso cromado, e a identificação na tampa do porta malas a inscrição "164 Super – V6 24v" enquanto na versão 12v mantém-se o parachoque com os 3 vincos pintados na cor Grigio Lothar e a inscrição na tampa do porta malas "164 V6".


  Veja em detalhe as escritas na parte inferior da tampa do porta mala.



INTERIOR

  Após identificarmos diversas diferenças externas entre os modelos, os interiores de ambas são idênticos, a única mudança quase que imperceptível é a grafia dos mostradores do painel que mudam muito pouco. Ambos os modelos possuem os bancos em couro preto um pouco mais envolventes da versão Super 24v do que na 12v. Pouquíssimos exemplares saíram com banco de tecido. O volante de ambas as versões também são idênticos, tanto com airbag como sem airbag.

O mesmo modelo de banco em ambas as versões, porém mais envolvente na 164 Super 24v


  Abaixo, alguns interiores:


164 12v mecânica sem airbag.

164 24v mecânica com airbag.

164 12v automática sem airbag.

164 24v automática com raro airbag duplo.

164 12v mecânica com airbag.
Repare o modelo do volante, anterior a 1995.

  Uma coisa que se pode notar no painel das Alfas 164, valendo tanto para a versão 12v quanto para a 24v, mecânica ou automática, é que até 1994, o mostrador da temperatura do motor mostrava uma variação de 30 a 110 graus Celsuis. A partir deste ano, o mostrador foi alterado e passou a mostrar uma varição de 60 a 120 graus. A partir deste ano também foi alterado a capa do airbag, no volante das 164.



MECÂNICA

  O motor da 164 3.0 V6 12v possui 183cv enquanto a versão Super 3.0 V6 24v possui 215cv. Independente da versão, os dois são motores poderosos que pulsam como um verdadeiro Cuore Sportivo, dando a seus proprietários o verdadeiro prazer de dirigir.

Toque máximo 26,2kgm a 4.500rpm
Potência máxima 183cv a 5.600rpm
0-100 em 8,1s
Toque máximo 28kgm a 5.000rpm
Potência máxima 215cv a 6300rpm
0-100 em 8s



CURIOSIDADES

  Os primeiros modelos de Alfa Romeo 164 comercializados no Brasil, com início em 1990 até 1992, tinham alguns detalhes bem peculiares as distinguindo das comercializadas como modelo 1993 para frente.

  Esteticamente, os farois eram maiores e de parábola única com os piscas separados dos farois. Na traseira, a linha da lanterna era predominante vermelha, assim como nos modelos posteriores a 1993, porém tinha os piscas e a luz de ré levemente brancas.



  A identificação do modelo no porta-malas também era um diferencial, com todo os logotipos à direita e uma escrita diferente: 164 3.0 V6.

  Em seu interior, diferenças no painel e comandos do ar condicionado assim como os bancos em tecido e um opcional que foi descontinuado nos modelos posteriores: o banco traseiro com regulagem elétrica.

Os controles de regulagem do banco traseiro ficavam entre as duas "poltronas", na parte da frente do assento. Na foto da direita, podemos ver os controles em detalhe.


  Sua mecânica também possui diferenças, como por exemplo, a ignição que era feita por bobina e os cabos de velas que ficavam expostos no cabeçote. Os primeiros modelos de Alfa Romeo 164 possuiam um motor 3.0 V6 12v com 192cv e não possuiam catalizador.

  O modelo das rodas de 15" utilizadas na primeira versão também eram diferentes, com uma padrão mais quadrado ao contrário do tradicional padrão redondo/oval das Alfas posteriores. Detalhe interessante é que a medida dos pneus, 195x65, foi mantida nas versões posteriores das 164.